X
Menu

seguradora

Consórcio do DPVAT deve ser extinto e devolver dinheiro para o consumidor, diz associado
07/10/2020 / FONTE: Folha de SP Proprietário da Gente Seguradora, o empresário Sérgio Suslik Wais defende a dissolução do consórcio que gere o DPVAT, o seguro obrigatório para proprietários de veículos, e a migração para um sistema de competição, no qual o consumidor escolhe de quem comprar o produto. A Gente é uma das associadas do consórcio, que passa este ano por uma debandada inédita em sua história, em meio a denúncias sobre fraudes e má gestão da Seguradora Líder, responsável por administrar o DPVAT. É parte do grupo de seguradoras “independentes”, que participam do consórcio mas não do acordo de acionistas da[...]
Polícia investiga carros encontrados no fundo de pedreira desativada no interior de SP
05/10/2020 / FONTE: Fantástico A principal linha de investigação aponta para o famoso “golpe do seguro”, em que o dono do veículo se faz de vítima, mas – na verdade – é autor de pelo menos dois crimes: estelionato e falsa comunicação de crime. E pode responder por outro ainda mais grave: associação criminosa. Um novo mistério: por causa da estiagem, a água de uma pedreira no interior de São Paulo foi bombeada para ajudar no abastecimento de cidades vizinhas. Só que quando a água baixou, apareceu um cemitério de carros.   Como eles foram parar ali? A polícia investiga[...]
Seguros de vida poderão ter novas regras
07/07/2020 / FONTE: CQCS O deputado Rubens Bueno (CIDADANIA/PR) apresentou projeto de lei que torna obrigatória a divulgação aos beneficiários de informações constantes das apólices de seguros de vida e de acidentes pessoais e das operações de capitalização e, cria, um registro central para controle de tais informações. De acordo com a proposta, além das exigências contidas na legislação em vigor, a apólice deve ainda conter os elementos que permitam identificar o beneficiário, caso não seja o herdeiro legal, devendo constar ainda seu nome e qualificação completos, o endereço de seu domicílio e os números de registro de identificação civil[...]
A distopia do novo anormal
06/07/2020 / FONTE: Sincor A dúvida se justifica, diante de tantas modificações em nosso cotidiano trazidas pela covid-19. E o que nos angustia é que ainda não temos resposta, diante de um evento drástico e assustador. Mas podemos fazer conjecturas a respeito do futuro. Sobre duas hipóteses. A primeira é o “novo normal”. A partir de agora, as pessoas procurariam isolar-se sempre que possível. As demonstrações de amizade e carinho, como o abraço e o aperto de mãos, seriam abolidas da etiqueta. Festas, comemorações, eventos artísticos e esportivos, tão importantes para a unidade social, em declínio. A busca do isolamento[...]